DESPERTAR EM CARAÍVA – VIAGEM COM PROPÓSITO

13 dez DESPERTAR EM CARAÍVA – VIAGEM COM PROPÓSITO

 

http://www.viagemcomproposito.com.br

Uma oportunidade única para entrar em contato com a natureza e conhecer um lugar de lindas paisagens, com praias desertas, mangues, rio e mar permeados pelo visual da mata atlântica.

A pequena Vila está cercada por Parques Nacionais e também pela Reserva Indígena. Lugar perfeito para se curar, recarregar as energias e aprofundamento do ser, através desse contato bucólico. A pousada onde nos hospedaremos, está localizada em um dos pontos mais privilegiados de Caraíva, em um extenso coqueiral, entre o rio e o mar, com um espaço exclusivo para a prática do Yoga, em frente ao rio Caraíva.



CHEGADA DIA 10/05, ATÉ AS 16H
RETORNO DIA 17/05

INSCRIÇÕES ATÉ 10/02

15 VAGAS

​O que nos faz diferentes?
Em nossa viagem, a experiência será intensificada com a prática de Yoga todas as manhãs, aplicação de Técnicas de respiração, Coaching, Meditação, Vivências e muito, muito banho de mar e rio, sem falar que a experiência será potencializada, com o convívio diário com os nativos de Caraíva e com os índios da Tribo Pataxó. Caraíva por si só, é uma escola: novos olhares, novas formas de compreender a vida, abrindo portas dentro de você.

 

AQUI, EM CARAÍVA…
Em Caraíva, onde o rio encontra o mar, pessoas de diferentes culturas se encontraram para construir um modo de vida diferente.
Aqui, carros não entram, energia elétrica apenas o suficiente, o controle do lixo é constante, a integração entre pessoas e a natureza é a maior inspiração.
Prepare-se para conhecer um lugar diferente, vários sabores, cheiros, estéticas e sensações surpreendentes.

Segundo documentação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), disponível no Museu do Descobrimento em Porto Seguro, a comunidade de Caraíva é o vilarejo mais antigo do Brasil. Os primeiros portugueses chegaram por volta de 1530, e por aqui viviam diversas tribos indígenas, nesta região que é conhecida como “Costa do Descobrimento”.